5 fatos interessantes sobre o vestíbulo da orelha

The ear is divided into three parts; external, middle, and inner ear. Different structures present in various parts of the ear have a role in hearing and maintaining the equilibrium and balance of the body. The vestibule of the ear is the central part of the bony labyrinth of the ear.

Aqui estão alguns fatos importantes sobre o vestíbulo.

1. In anatomy, the term vestibule describes a small cavity that opens into another chamber or a canal, like a porch at the entrance of a building. Various examples of vestibules exist in the human body. These include the vulvar vestibule, which is the tissue between the labia minora that surrounds the opening of the vagina (urethral and vaginal orifices). The nasal cavity also has a vestibule (nasal vestibule), which corresponds to the nostril opening, characterized by the presence of hair cells that filter foreign particles and microorganisms from the air entering your body. In the vestibule of the vagina, a type of gland known as the vestibular gland is responsible for secreting mucus that moistens the labia and vestibule. In the inner ear, the vestibule is the space between the tympanic cavity and the posterior region of the cóclea

2. The ear vestibule is medial to the tympanic membrane, posterior to the cochlear duct, and anterior to the semicircular canal (also known as semicircular ducts). 

3. O vestíbulo contém um órgão otólito denominado utrículo e outro conhecido como sáculo. 

4. O vestíbulo do ouvido está relacionado principalmente ao controle do equilíbrio e equilíbrio do seu corpo. 

5. Uma patologia que afeta o sistema vestibular geralmente resulta em perda de controle sobre o equilíbrio e o equilíbrio do corpo.

Vamos explorar em detalhes a estrutura e as funções do vestíbulo da orelha e a relevância clínica dessa parte do corpo.

Representação gráfica da anatomia da orelha, mostrando o vestíbulo e o nervo vestibulococlear. Imagem por Galeria médica da Blausen Medical 2014

Estrutura

O vestíbulo da orelha é um pouco oval, que tem uma superfície plana na seção transversal. O comprimento do vestíbulo é de cerca de 5mm; a largura é quase. É como uma cavidade dentro do osso temporal contendo órgãos e nervos relacionados ao sistema vestibular do ouvido. Nas seções a seguir, revisaremos em detalhes as diferentes partes do vestíbulo.

Ilustração do vestíbulo da orelha. Imagem por Cenveo

Órgãos Otólitos

Os dois órgãos otólitos encontrados no vestíbulo incluem o utrículo e o sáculo. Ambos os órgãos otólitos contêm epitélio sensorial e mácula. A mácula atua como um receptor nos órgãos otólitos do vestíbulo.

O utrículo situa-se na parte posterior do vestíbulo da orelha interna. Fica perto dos canais semicirculares. A mácula ou receptor do utrículo é direcionado horizontalmente.

O sáculo is the smaller and anteriorly located part of the vestibule. It has proximity to the cochlea. The macula or receptor of the saccule is positioned vertically.

Mácula

The macula is found in both the utricle and saccule. It contains hair-like sensory structures, which are of two types.

Cinocílio é uma única estrutura semelhante a um cabelo que é o cílio verdadeiro. Em um feixe de receptores semelhantes a cabelos, o cinocílio é a estrutura mais longa e sempre permanece ereto.

O estereocílios são estruturas semelhantes a cabelos que são encontradas como feixes. Os estereocílios não são cílios verdadeiros, mas também contêm filamentos de actina. Os estereocílios são flexíveis e mais curtos. De acordo com a posição do corpo, eles se aproximam ou se afastam do cinocílio adjacente.

Estriola

O feixe sensorial semelhante ao cabelo da mácula é dividido em duas metades por uma estrutura chamada estria. A estria é uma membrana otolítica separada dos feixes sensoriais por uma camada de material gelatinoso. Pequenos cristais de carbonato de cálcio estão embutidos na estria, que são chamados de otoconia.

Representação gráfica da mácula utrícula (dirigida horizontalmente) e mácula sacculi (posicionada verticalmente). Quando o corpo está inclinado para frente, a força gravitacional vai dobrar as células ciliadas (b) que estavam inicialmente retas (a) e a informação será passada ao cérebro para ajustar o equilíbrio. Imagem por Cenveo

Função

The primary function of the vestibule is to send signals to your brain about equilibrium, balance, and position of your body. Varying degrees and types of signals are transferred to the brain from the vestibule according to changes in position, velocity, and equilibrium. The discussion of the functions of the individual parts of the vestibule is in the following section.

The function of the Utricle

Como dito acima, o utrículo está posicionado em um plano horizontal. A posição horizontal do utrículo o torna sensível aos movimentos do plano horizontal, como a inclinação da cabeça. Assim, o senso de posição e equilíbrio de uma pessoa em pé é transmitido ao cérebro pelo utrículo. O utrículo também cria comunicação com outras partes do ouvido, permitindo que seu cérebro obtenha informações sensoriais mais precisas sobre sua posição e equilíbrio.

The function of the Saccule

A posição do sáculo é no plano vertical. Assim, tem a função de detectar movimentos do plano longitudinal. Os movimentos no plano longitudinal são feitos quando você está deitado.

The function of the Macula of Utricle and Saccule

As células ciliadas estão dispostas em dois lados da estriola da linha média como imagens espelhadas. Quando as células ciliadas de um lado se movem em direção à linha média, as células ciliadas do outro lado se afastam da linha média. O movimento das células ciliadas em direção ou para longe da estria dá ao cérebro um sinal grosseiro de equilíbrio ou instabilidade.

Suprimento Neurovascular

Fornecimento de sangue

O principal suprimento sanguíneo do vestíbulo é da artéria auditiva interna (artéria labiríntica). A artéria auditiva interna pode surgir da artéria cerebelar anterior e superior. Também pode surgir da artéria basilar.

Drenagem venosa

A drenagem venosa do vestíbulo ocorre pela veia labiríntica. A veia labiríntica subsequentemente se abre no seio sigmóide ou no seio petroso inferior.

Fornecimento de nervo

A inervação do vestíbulo é do 8ºº  nervo craniano ou nervo vestibulococlear. O nervo vestibulococlear se divide em nervo vestibular e nervo coclear depois de entrar no ouvido. São as partes vestibulares do nervo vestibulococlear que inervam o vestíbulo.

Relevância clínica e condições associadas

As condições clínicas relacionadas ao vestíbulo da orelha afetam sua sensação de estabilidade e equilíbrio. Essas condições clínicas podem afetar qualquer parte do vestíbulo. As condições clínicas comuns relacionadas ao vestíbulo estão na seção a seguir.

Vertigem posicional paroxística benigna

Vertigem posicional paroxística benigna é uma condição em que há uma perda repentina de estabilidade. Esse problema ocorre devido a um defeito na otocônia na mácula de uma das duas partes do vestíbulo, ou seja, utrículo ou sáculo.

Enxaqueca Associada à Vertigem

Enxaqueca Associada à Vertigem é outra condição considerada relacionada ao vestíbulo. A causa exata dessa condição é desconhecida, mas supõe-se que haja uma interpretação inadequada do sinal pelo tronco encefálico transmitido pelo utrículo e pelo sáculo.

Alguns outros distúrbios não estão diretamente relacionados ao vestíbulo, mas estão intimamente relacionados ao comprometimento funcional dos órgãos otólitos. Esses distúrbios incluem a doença de Meniere, labirintite e neurite vestibular.

A mensagem para viagem

The vestibule is the part of the inner ear related to your body’s control of balance and equilibrium. It has otolith organs named utricle and saccule that senses changes in position and equilibrium. The otolith organs have macula, which contain hair-like cells. The movement of these hair-like cells gives a signal about the position and equilibrium of the body.

O utrículo é posicionado horizontalmente e detecta os movimentos do plano horizontal, como inclinar a cabeça. Ao contrário, o sáculo está posicionado verticalmente e detecta os movimentos do corpo no plano longitudinal. O suprimento sanguíneo e a drenagem venosa do vestíbulo são feitos através dos vasos labirínticos. A inervação do vestíbulo é proveniente da parte vestibular do 8ºº cranial nerve. Any damage problem to the vestibule results in vertigo.

Referências

1: Bruss DM, Shohet JA. Neuroanatomia, Ouvido. [Atualizado em 31 de julho de 2020]. In: StatPearls [Internet]. Ilha do Tesouro (FL): Publicação StatPearls; 2021 janeiro-. Disponível a partir de: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK551658/

2: DELATTRE, A., & FENART, R. (1961). Journal des Sciences Medicales de Lille79, 100-104. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/13721491/

3: Ciuman R. R. (2009). Stria vascularis and vestibular dark cells: characterization of main structures responsible for inner-ear homeostasis, and their pathophysiological relations. Revista de laringologia e otologia123(2), 151-162. https://doi.org/10.1017/S0022215108002624

4: Ekdale EG (2016). Forma e função do ouvido interno dos mamíferos. revista de anatomia228(2), 324-337. https://doi.org/10.1111/joa.12308

5: Fík, Z., & Bouček, J. (2019). Distúrbios do ouvido interno. Onemocnění vnitřního ucha. Casopis lekaru ceskych158(6), 216-220. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31931577/

O conteúdo compartilhado no site Health Literacy Hub é fornecido apenas para fins informativos e não se destina a substituir conselhos, diagnósticos ou tratamentos oferecidos por profissionais médicos qualificados em seu Estado ou País. Os leitores são encorajados a confirmar as informações fornecidas com outras fontes e a procurar o conselho de um médico qualificado com qualquer dúvida que possam ter em relação à sua saúde. O Health Literacy Hub não se responsabiliza por qualquer consequência direta ou indireta decorrente da aplicação do material disponibilizado.

Compartilhe seus pensamentos
Portuguese